A Grimaldi acaba de colocar em operação o “Grande Sierra Leone”, o último de uma série de 12 navios Con-Ro encomendados a estaleiros croatas e sul-coreanos. Desses, seis estão alinhados no Potugal-Angola, que este ano cumpre o jubileu.

O “Grande Sierra Leone” é esperado no próximo dia 3 de Outubro em Leixões, devendo escalar Lisboa no dia 5, a caminho de Angola ou, melhor dito, rumo a Dakar, Luanda e Pointe Noire. Junta-se ao “Grande Angola”, ao “Grande Senegal”, ao “Grande Cameroon” ou ao “Grande Benin”, todos navios estreados nos últimos três anos, e com os quais a Grimaldi renovou integralmente a frota que opera o seu “Southern Express”.

Tal como os demais, o “Grande Sierra Leone” pode transportar 2 000 veículos, 2 000 metros lineares de carga rodada e 800 TEU a uma velocidade de 21 nós. As suas duas rampas com capacidade até 250 toneladas e as duas gruas de 45 toneladas permitem-lhe, além do mais, transportar cargas de projecto, de grandes dimensões/tonelagem.

Estes são, garante-o o armador, os navios de maiores dimensões e capacidade a operarem nas ligações entre Portugal e o West África, com especial incidência em Angola. As escalas em Leixões e Lisboa acontecem a cada 10 dias.

Comments are closed.