O Grupo Grimaldi reforçou a sua posição no capital da Finnlines mediante a compra de mais 10,5%, num investimento de 96,99 milhões de euros, anunciou a empresa em comunicado.

Finnlines

 

Com mais esta compra, o grupo italiano passa a deter 91,32% da companhia finlandesa. Do lado vendedor esteve o fundo de de pensões finlandês Ilmarinen.

A Grimaldi justifica o reforço do investimento com a boa prestação da Finnlines. Na verdade, no primeiro semestre do ano corrente a companhia aumentou em 9,2% os resultados líquidos para 16,4 milhões de euros. O volume de negócios atingiu os 252 milhões de euros e o EBITDA foi de 51,5 milhões de euros.

O segundo trimestre foi mesmo o melhor dos últimos dez anos, em termos de resultados, salientou a Grimaldi no comunicado emitido.

A Finnlines reclama a liderança no transporte de cargas ro-ro e de passageiros no Báltico e no Mar do Norte, operando serviços de auto-estradas do mar entre a Alemanha, Bélgica, Espanha, Estónia, Finlândia, Holanda, Polónia, Reino Unido, Rússia e Suécia.

A Grimaldi assumiu o controlo da Finnlines em 2006.

Comments are closed.