O Grande Baltimora, o mais recente PCTC do Grupo Grimaldi, zarpa hoje do porto de Nanjing, onde foi construído, para Nova Iorque, onde integrará o serviço entre a América do Norte e o Mediterrâneo.

IMG-20170719-WA0005

O Grande Baltimora é o primeiro de três navios gémeos encomendados em 2015 aos estaleiros chineses de Jinling, num investimento de 165 milhões de euros.

O novo PCTC (Pure Car & Truck Carrier) com 199,90 metros de comprimento e 32,26 metros de boca, tem capacidade para transportar 6 700 automóveis, ou 2 500 automóveis e quatro mil metros lineares de carga rodada, a uma velocidade de cruzeiro de 19 nós.

O Grande Baltimora (assim baptizado em homenagem ao porto norte-americano de Baltimore) dispõe de oito decks amovíveis que permitem o transporte de cargas volumosas de até 5,2 metros de altura. Pelas suas rampas podem transitar cargas de até 150 toneladas.

A compra destes PCTC de última geração decorre essencialmente do acordo firmado entre o Grupo Grimaldi e a Fiat Chrysler para o transporte de automóveis entre a Europa e a América do Norte.

Chegado a Nova Iorque, o Grande Baltimora será alinhado no serviço que tem a seguinte rotação: Gemlik, Gioia Tauro, Civitavecchia, Savona, Halifax, Nova Iorque, Baltimore, Veracruz e Antuérpia.

Comments are closed.