A Grimaldi baptizou o Grande Torino o primeiro dos sete navios PCTC encomendados aos estaleiros chineses Yangfan e o maior da sua frota.

O novo navio da Grimaldi, com bandeira italiana, tem um comprimento de 199,9 metros, uma largura de 36,45 metros e uma arqueação bruta de 65 255 toneladas. Com capacidade para navegar a uma velocidade de 19 nós, é um dos maiores PCTC de sempre: pode transportar cerca de 7 700 veículos (CEU) ou 5 400 metros lineares de unidades rolantes e 2 737 CEU.

A Grimaldi destaca os quatro conveses elevatórios ​do navio, que aumentam a flexibilidade e permitem o transporte de qualquer tipo de carga rolante, como camiões, tractores, autocarros ou retroescavadoras com até 5,3 metros de altura.

O Grande Torino será usado no serviço ro-ro semanal operado pelo grupo italiano entre o Mediterrâneo e a América do Norte. O navio ligará os portos de Gioia Tauro, Civitavecchia, Livorno, Savona, Valência, Antuérpia, Halifax (Canadá), Davisville, Nova Iorque, Baltimore, Jacksonville, Houston (Estados Unidos), Tuxpan e Veracruz (México)

“Hoje [sexta-feira, dia 8], congratulamo-nos com o novo porta-estandarte do nosso grupo para transporte de automóveis, que representa mais um passo rumo a uma frota cada vez mais ecológica, que garante um transporte marítimo verdadeiramente sustentável: o Grande Torino está equipado com um motor principal controlado electronicamente e um sistema híbrido de limpeza de gases de escape”, afirmou, na cerimónia de baptismo do navio, o CEO do grupo, Emanuele Grimaldi.

“O nome do navio refere-se à cidade onde a Fiat Chrysler Automobiles está sediada, honrando, assim, a longa e bem-sucedida colaboração que nos liga há meio século a um dos mais importantes fabricantes de automóveis do mundo”, acrescentou Grimaldi.

Tags:

Comments are closed.