O Sindicato dos Trabalhadores de Aviação e Aeroportos (SITAVA) anunciou hoje a celebração de um acordo com a Groundforce sobre a revisão das condições salariais dos trabalhadores.

Groundforce

O documento, assinado em parceria com o Sindicato dos Trabalhadores dos Transportes da Área Metropolitana do Porto (STTAMP), tem em vista um aumento salarial médio de 3,27%. Para os trabalhadores que estejam a receber um montante inferior ao salário mínimo, o aumento pode variar entre 5% e 7,45%.

A actualização das tabelas será feita em três fases: Novembro de 2017, Janeiro de 2018 e Janeiro de 2019.

Em comunicado, o SITAVA refere ainda que o acordo engloba o pagamento extra de metade de um vencimento base, como forma de compensação pela ausência de revisão salarial pós-2015, bem como de retroactivos a Janeiro e Julho de 2017.

Está ainda previsto um aumento de 5% do subsídio de refeição, a ser aplicado a partir do início do próximo ano.

A Groundforce compromete-se a abrir um novo processo de revisão salarial, se os resultados atingirem o valor orçamentado para 2018.

“O acordo alcançado fica ainda condicionado ao momento da efectiva renovação do contrato de prestação de serviços entre a SPdH/Groundforce e a TAP”, lê-se no comunicado.

 

Comments are closed.