O grupo Vokswagen vai converter a camiões a gás natural liquefeito (GNL) as suas operações logísticas no Norte da Alemanha. O grupo alemão utilizará para o efeito 100 camiões da sua marca Scania.

VW - Scania - GNL

A Volkswagen Group Logistics planeia envolver 18 transportadores locais neste projecto, para o qual estão previstos auxílios públicos. Além disso, será criada uma rede de estações de fornecimento de GNL na área geográfica em que a iniciativa irá realizar-se, no sentido de facilitar a utilização do combustível.

De acordo com os dados da Volkswagen, o GNL é um combustível alternativo adequado para o transporte de mercadorias em longas distâncias. Em comparação com um motor a diesel, um motor alimentado a GNL emite menos 20% de CO2, segundo a companhia sediada em Wolfsburg.

A marca acrescenta que, além disso, as emissões de partículas são reduzidas em 95% e o nível de ruído cai para metade em comparação com um motor a gasóleo.

Este projecto faz parte da estratégia de Green Logistics da Volkswagen para reduzir as emissões de poluentes e melhorar o impacto ambiental das suas actividades de logística.

 

 

 

 

 

Tags:

Os comentários estão encerrados.