O parque de estacionamento para pesados da Plataforma Logística de Iniciativa Empresarial (PLIE) da Guarda será inaugurado no próximo sábado. A partir de 1 de Maio, os camiões estarão proibidos de estacionar na cidade.

PLIE Guarda

Com a nova estrutura, o município pretende “disciplinar o estacionamento de camiões na cidade, prosseguindo uma política municipal de estacionamento, componente fundamental de mobilidade urbana, dotando a cidade de um equipamento moderno e funcional ao serviço dos empresários”, justifica o presidente da Câmara da Guarda.

Álvaro Amaro destaca a vertente da segurança que o complexo oferece aos transportadores porque, reconhece, “não há nenhum empresário que não tenha como elemento fundamental, para ter acesso a um parque desses, a segurança do seu camião e do seu produto”.O novo parque, com 32 780 metros quadrados de área, localizado junto da aldeia de Gata, nas proximidades da cidade da Guarda, tem 137 lugares de estacionamento, sendo 95 destinados a veículos pesados, 15 a veículos pesados de transporte de frio e 27 a veículos ligeiros de apoio aos motoristas.

O equipamento, que foi adjudicado em Junho de 2014, pelo valor de 144 mil euros, tem espaços para permanência de funcionários de segurança, balneários e instalações sanitárias para motoristas e uma área para refeitório.

O parque de estacionamento de pesados da PLIE será inaugurado sábado. A autarquia está a informar as empresas para a existência do novo Parque TIR e para a obrigatoriedade de os veículos de transporte internacional rodoviário passarem a ser estacionados naquele local, para serem evitadas multas, explica o autarca.

“Eu até gosto de camiões TIR. Há camiões bonitos, e tenho o máximo respeito por quem os conduz, pelos trabalhadores, como é evidente, mas também tenho respeito pela cidade e pela beleza da cidade. Não faz nenhum sentido aquilo que existia”, remata Álvaro Amaro, citado pela “Lusa”.

Comments are closed.