Guilhermina Rego foi hoje nomeada para a presidência da APDL. Substituirá Emílio Brogueira Dias.

Guilhermina Rego - APDL

A até aqui vice-presidente da Câmara Municipal do Porto deu, ela própria, a notícia na reunião do Executivo camarário em que anunciou a renúncia aos pelouros que exercia. Manter-se-á até ao final do mandato como vereadora sem pelouros.

A escolha da ministra do Mar, Ana Paula Vitorino, era há muito dada como certa.

Nascida no Porto, em 1971, Guilhermina Rego é licenciada em Gestão de Empresas, mestre em Finanças e doutorada em Ciências Empresariais pela Faculdade de Economia da Universidade  do Porto.

É professora da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto e coordenadora da Unidade de Ética e Gestão na Saúde do Serviço de Bioética e Ética Médica daquela faculdade.

Guilhermina Rego iniciou a sua vida autárquica em 2009, como vereadora no Executivo liderado por Rui Rio. Em 2013 desfiliou-se do PSD para integrar a lista de Rui Moreira à Câmara do Porto. Eleita, teve a cargo o Pelouro da Educação, Organização e Planeamento, e as direções municipais de Finanças e Património, de Recursos Humanos e de Sistemas de Informação, bem como o departamento municipal de Educação e o Gabinete de Juventude.

Este artigo tem1 comentário

  1. Espero que venha com vontade de trabalhar, e começar por limpar a casa “APDL” aonde ao longo dos anos se infiltrou o comodismo de alguns aliado ao compadrio de outros e deixar que instituições como o “ACT” façam o seu trabalho na fiscalização e na segurança de todos os trabalhadores a começar pela ESTIVA, boa sorte.