Outubro é a data prevista para a chegada do primeiro autocarro eléctrico dos TUG – Transportes Urbanos de Guimarães, adiantou ao TRANSPORTES & NEGÓCIOS Manuel Oliveira, presidente executivo da Arriva Portugal – Norte.

TUG eCity Gold

Depois do sucesso dos testes do eCity Gold, da Salvador Caetano (“todas as reacções, tanto dos motoristas como dos clientes e da comunidade em geral foram muito positivas”), a Arriva/TUG decidiu levar mais longe a experiência e daí ter-se candidatado à aquisição de um autocarro eléctrico para o transportes urbanos de Guimarães.

Aprovada a candidatura, agora é tempo de lançar o concurso público internacional. O autocarro a adquirir será “um veículo normal urbano de 12 metros, mas integralmente eléctrico”.

Se tudo correr dentro dos prazos, “o autocarro entrará em operação em Outubro”, disse Manuel Oliveira. Operará “na Linha da Cidade”, que liga pontos estratégicos da urbe vimaranense, como o Tourel, o Centro Cultural Vila Flor, a Estação, o Tribunal, a Universidade, o Estádio ou o Hospital.

A compra do primeiro autocarro eléctrico Guimarães representará um “investimento global de 413 mil euros”. O POSEUR comparticipará com “200 mil euros”.  “Uma vez que o apoio comunitário a fundo perdido é de cerca de metade do valor de investimento, o retorno será semelhante ao de um autocarro normal”, diz o empresário.

Com este investimento na tracção eléctrica, a Arriva/TUG propõe-se cumprir “com as preocupações ambientais da empresa” mas também alinhar com os objectivos de Guimarães, que irá “apresentar uma candidatura a Capital Europeia Verde”, rematou Manuel Oliveira.

 

 

Os comentários estão encerrados.