O porto de Hamburgo recebeu os primeiros três pórticos de cais que lhe permitirão operar navios porta-contentores de mais de 23 mil TEU.

As novas unidades já chegaram ao Burchardkai (CTB), um dos três terminais de contentores que a Hamburger Hafen und Logistik AG (HHLA) tem no porto de Hamburgo. Os três pórticos de cais, produzidos pela ZPMC, substituirão no CTB três unidades mais pequenas que já foram desmanteladas.

A HLLA tem previsto receber, no primeiro trimestre de 2020, mais dois pórticos de cais idênticos, devendo também construir um novo cais em Burchardkai.

“Com o investimento em cinco novos pórticos e a criação de outro grande cais de atracagem, ofereceremos às companhias marítimas capacidade adicional e mais flexibilidade na movimentação de porta-contentores de grande dimensão, de mais de 23 mil TEU”, indica Jens Hansen, da administração da HHLA, citado em comunicado.

Em 2018, o número de escalas de ULCV com capacidade entre 18 mil e 22 mil TEU aumentou 47% (para 150) no porto de Hamburgo. Essa tendência continua e no primeiro semestre de 2019 a subida foi de quase 40%.

A HHLA planeia investir cerca de mil milhões de euros até 2022, dos quais cerca de 450 milhões de euros apenas na movimentação de contentores.

 

 

Comments are closed.