A Hanjin Shipping foi autorizada pela Justiça da Coreia do Sul a vender as operações nos dez países da Europa onde a companhia tem presença.
hanjin

De acordo com a agência de notícias sul-coreana “Yonhap”, a venda de activos arrancará ainda esta semana e afectará as operações da Hanjin Shipping Europe (com  sede na Alemanha), da Hanjin Shipping Hungary Transportation, da Hanjin Shipping Poland e da Hanjin Spain. No país vizinho, a companhia tinha actividade nos portos de Algeciras e de Valência.

Não é ainda claro se a alienação compreende apenas os negócios relacionados com o transporte marítimo de contentores, ou se incluirá também a participação de 30% que a companhia ainda detém do terminal de contentores da Isla Verde de Algeciras.

Certo é que este é mais um passo na direcção da mais do que certa liquidação da companhia, que está sob administração judicial desde o início de Setembro.

Já em Outubro, a Hanjin colocou à venda as ligações Ásia-Estados Unidos, incluindo navios e recursos humanos. Esta rota deverá ser licitada no início de Novembro. Entretanto, a MSC estará a negociar a compra da posição da Hanjin no terminal de contentores de Long Beach

A dívida da Hanjin Shipping ascendia, no fim de Junho, a seis biliões de wons sul-coreanos (4838 milhões de euros).

A subsistir, a Hanjin Shipping deverá converter-se numa operadora regional, focada no intra-Ásia.

 

 

Comments are closed.