A Korea Line ofereceu 31,4 milhões de dólares (29,6 milhões de euros) pelas operações Trans-Pacífico da Hanjin Shipping. O negócio inclui cinco navios de 6 500 TEU mas, ao contrário do noticiado, exclui o terminal de contentores da TTI no porto de Long Beach (Califórnia).

hanjin-shipping-lond-beach-terminais-de-contentores

O negócio deverá ser concluído a 5 de Janeiro próximo e o acordo entre as duas companhias prevê que 574 trabalhadores da Hanjin passem para os quadros da Korea Line.

O terminal de contentores de Long Beach é um importante activo da Hanjin Shipping. Interessados na sua participação não faltarão. A MSC será um dos pretendentes. O terminal dispõe de uma frente de cais de 1 500 metros com fundos de -16,8 metros e equipada com 14 pórticos de cais com um alcance de até 22 contentores.

Até agora focada no transporte de granéis e produtos energéticos, a Korea Lines com este negócio entra no transporte marítimo de contentores, tendo batido a Hyundai Merchant Marine na corrida às operações Trans-Pacífico da Hanjin.

Tal como a Hanjin Shipping, também a Korea Line enfrentou dificuldades durante a crise que afectou o sector do transporte marítimo. A companhia acabou por ser comprada pelo conglomerado SM Group há dois anos, ao passo que a Hanjin está sob administração judicial desde o fim de Agosto.

 

 

Comments are closed.