A Hapag-Lloyd anunciou a encomenda de quatro porta-contentores e o upgrade de outras seis encomendas.

No total, serão agora dez os navios de 13 200 TEU cada encomendados aos estaleiros sul-coreanos da Hyundai Heavy Industries. O volume do investimento não foi divulgado, sendo certo que as primeiras seis encomendas já reportam a 2008.

Os novos navios deverão ser entregues entre meados de 2012 e finais de 2013. A companhia pretende alocá-los às linhas do Extremo Oriente, em parceria com os outros membros da Grand Alliance.

Para Michael Behrendt, CEO da empresa, “este é um sinal claro de que a Hapag-Lloyd retornou à sua posição anterior de poderio e de que tratará de aproveitar as oportunidades para crescer com rendibilidade”.

Simbólica também é a recompra do edifício-sede da Hapag-Lloyd, em Hamburgo.

A companhia germânica pagou ainda aos seus accionistas créditos no valor de 600 milhões de euros, incluindo 320 milhões de “capital híbrido”.

Os comentários estão encerrados.