A Hapag-Lloid poderá antecipar já para Outubro a dispersão de capital na Bolsa de Frankfurt, animada pelos bons resultados do segundo trimestre, avançam a “Bloomberg” e a “Reuters”, que citam fontes próximas do processo.

Hapag-Lloyd

A empresa germânica, com sede em Hamburgo, não comenta essa possibilidade.

A Hapag-Lloyd, que no ano passado se fundiu com a chilena CSAV para criar o quarto maior operador mundial de transporte marítimo de contentores, planeava dispersar parte do capital em Bolsa, através de uma Oferta Pública Inicial (IPO, na sigla em inglês), entre o fim de 2015 e o início de 2016, após três a quatro trimestres com resultados positivos (os resultados do terceiro trimestre serão anunciados ainda em Agosto).

A Hapag-Lloyd pode, agora, antecipar o processo, embalada pelos bons resultados financeiros registados. As fontes citadas pelas agências indicam que Goldman Sachs, Deutsche Bank e Berenberg, os parceiros escolhidos pela companhia, poderão começar as conversações com investidores no decorrer do mês de Setembro.

Comments are closed.