O Harmony of the Seas, o maior navio de cruzeiros, zarpa amanhã, domingo, de Nantes para Southampton. O início da operação será no próximo dia 29.

O estaleiro STX France entregou na quinta-feira o Harmony of the Seas à Royal Caribbean. Com 361 metros comprimento (tanto como cinco aviões Airbus A380), 66 metros de largura, 72 metros de altura e capacidade para transportar 8 710 pessoas, é o maior navio de cruzeiros do mundo.

O Harmony of the Seas custou mil milhões de euros e demorou três anos a construir. É o terceiro navio da classe Oasis da Royal Caribbean mas maior que os outros dois.

Tudo é em grande no Harmony of the Seas. Tem 16 andares para passageiros e 24 elevadores. O peso ascende a 227 700 toneladas TDW. Os 2747 camarotes podem receber até 6 410 passageiros, a que se somam 2 300 tripulantes para atingir a já referida capacidade de 8 710 pessoas.

O motor tem quatro hélices transversais e debita 7 500 cv de potência, o que permite ao navio atingir uma velocidade de 22 nós. Sem surpresa, é também, segundo estaleiro e o armador, uma embarcação eficiente, emitindo menos 20% do que o primeiro navio Oasis da Royal Caribbean, ao serviço desde 2009.

Entre a enorme oferta de diversão a bordo, destaque para a internet de alto mar, um teatro principal com capacidade para 1 380 pessoas, um casino, um teatro aquático e uma pista de patinagem com o seu próprio espectáculo. Terá, além disso, um parque natural, baptizado como Central Park, com 12 500 tipos de plantas e vegetais. Este gigante dos oceanos conta ainda com 20 restaurantes, 15 bares e um parque aquático.

O Harmony of the Seas tem ainda vários escorregas, entre os quais o mais alto embarcado, o Ultimate Abyss. Com uma altura de 40 metros, oferece uma descida serpenteada de 30 metros, ao longo de dez dos andares do navio, a uma velocidade de 14 km/h.

 

Comments are closed.