A HMM prepara-se para transferir nove navios, com uma capacidade agregada de 100 mil TEU, da 2M para a THE Alliance, que integrará a partir de 1 de Abril.

A tonelagem a realocar inclui três navios de 13 092 TEU e seis navios de 10 081 TEU, que serão doravante alinhados nos serviços Leste-Oeste da THE Alliance, de Hapag-Lloyd, ONE, Yang Ming e, a partir de Abril, HMM.

Não obstante registar cinco anos consecutivos de perdas, incluindo 511 milhões de dólares (473 milhões de euros) no ano passado e 708 milhões (655 milhões de euros) em 2018, a companhia sul-coreana tem previsto receber 12 mega-navios de 20 mil TEU entre Abril e Setembro. Esse ULCV serão alinhados no serviço FE4 da THE Alliance, substituindo 11 navios de 15 mil TEU da Hapag-Lloyd.

De acordo com a Alphaliner, os navios retirados da 2M e os novos ULCV adicionarão 388 mil TEU à frota da HMM, elevando a capacidade total da transportadora para cerca de 790 mil TEU. Ultrapassará, assim, o novo parceiro na THE Alliance, Yang Ming (com cerca de 607 mil TEU de capacidade), ficando em oitavo lugar na tabela das maiores companhias de transporte de contentores do mundo.

Quando todas as novas embarcações estiverem entregues, a HMM estará mais próxima de alcançar a meta do plano de recuperação gizado pelo seu presidente e CEO, Jae-hoon Bae,: atingir um milhão de TEU de capacidade.

 

 

 

Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*