A HMM, até aqui membro associado da aliança 2M, será, a partir de 1 de Abril de 2020, membro pleno da THE Alliance.

Os membros fundadores da THE Alliance – Hapag-Lloyd, ONE e Yang Ming – e a HMM acordaram a refundação da aliança, agora a quatro e para vigorar até 2030. A decisão foi firmada no passado dia 19, em Taipei, mas só hoje foi comunicada.

A adesão da HMM à THE Alliance só se tornará efectiva a partir de 1 de Abril de 2020, quando termina o acordo de cooperação que a companhia sul-coreana mantém com a 2M de, da Maersk e MSC.

Em 2016, a HMM já esteve para integrar a THE Alliance, mas acabou afastada pelas ondas de choque da falência da Hanjin. Depois disso tentou a adesão à 2M, mas o melhor que conseguiu foi um acordo de parceria.

A adesão à THE Alliance voltou a ser falada no final do ano passado, mas no entretanto o novo “patrão” da companhia veio à Europa para negociar com os líderes da 2M o reforço da parceria. Ao que parece, sem sucesso.

Com a inclusão da HMM, a THE Alliance passará a contar, a partir do segundo trimestre de 2020, com 12 navios porta-contentores de 23 000 TEU, a que somarão as oito unidades de 15 000 TEU com entregas previstas a partir do segundo trimestre de 2021.

Juntas, a Hapag-Lloyd, ONE, Yang Ming e HMM controlam uma quota de mercado (em termos de oferta) de 18,6%. Longe das alianças rivais 2 M e Ocean Alliance.

Comments are closed.