Depois de perder a “corrida” às operações do trans-Pacífico para a Korea Lines, a Hyundai Merchant Marine (HMM) terá garantido a compra do TTI, o terminal de contentores de Algeciras controlado pela Hanjin Shipping.

tti-algeciras

“A HMM deverá concluir a compra de uma posição de 100% no Total Terminal International (TTI) Algeciras no final de Dezembro, terminadas as “due diligence” [iniciadas ontem], anunciou a companhia sul-coreana em comunicado.

O TTI Algeciras localiza-se na Isla Verde do porto de Algeciras e iniciou as operações em 2010.  Dispõe de um cais de 650 metros com fundos de -18,5 metros e de um outro de 550 metros com fundos de -17,5 metros. Dispõe de oito pórticos de cais e é o primeiro terminal automático do Mediterrâneo.

Em 2013, a Hanjin desistiu de expandir o terminal, com isso libertando os terrenos que estão agora a concurso para um terceiro terminal de contentores em Algeciras (o outro é detido pea APM Terminals).

Com a compra do TTI, a Hanjin aposta em reforçar a sua actividade portuária, onde já conta com activos nos EUA (Los Amgeles e Tacoma), Taiwan (Kaoshiung) e Europa (Maasvlakte II de Roterdão).

Apesar do revés na compra dos activos do trans-Pacífico, a HMM mantém a aposta em crescer com a aquisição de partes da falida Hanjin Shipping. Em vista estarão navios e, quem sabe, outros terminais, nomeadamente o de Long Beach (EUA), que ficou de fora do negócio com a Korea Line.

Comments are closed.