A chinesa HNA, accionista da TAP, acordou a venda de 30% da Avolon Holding, companhia locadora de aviões, à japonesa Orix, prosseguindo o seu plano de desinvestimentos e desalavancagem.

HNA vende 30% da Avolon Holding

O negócio, que deverá ser finalizado até Novembro, está avaliado em 2,2 mil milhões de dólafres (dois mil milhões de euros).

A Avolon Holding é a terceira maior locadora de aviões do mundo, depois da compra da actividade de leasing de aviões do CIT Group, no final de 2016, por 10,4 mil milhões (9,13 mil milhões de euros). A HNA comprou a Avolon por 2,5 mil milhões (2,19 mil milhões de euros) em 2015, através da Bohai Capital Holding, que cnmtrola.

A Avolon Holding tem uma frota de 890 aeronaves e conta 156 companhias aéreas como clientes.

As duas companhias deverão continuar a operar de forma independente, ainda que do lado da Oryx já tenham assinalado que a partir daqui esperam ter um mais fácil acesso aos construtores de aviões.

Desinvestimentos de 15 mil milhões

A venda de 30% da Avolon Holding é apenas o mais recente desinvestimento do Grupo HNA, que ainda há poucos anos parecia estar comprador de tudo o que mexesse.

O rápido crescimento a nível  global foi alavancado em dívida, o que criou alguns problemas de liquidez e forçou a política de desinvestimentos.

Também na área do transporte aéreo, a HNA continuará apostada em reduzir a exposição na Swissport, entre outras.

O desinvestimento total previsto para este ano será de 17 mil milhões de dólares (14,92 mil milhões de euros).

 

Os comentários estão encerrados.