Portugal e China vão ter voos directos, operados pela HNA, a partir de Junho do próximo ano, anunciou o Turismo de Portugal.

CHINA-HAINAN-BOEING

A ligação aérea directa arrancará com três a quatro frequências por semana, de acordo com protocolo assinado entre o Turismo de Portugal e o grupo HNA (Beijing Capital Airline).

A HNA, note-se, é accionista da companhia aérea brasileira Azul, controlada pelo empresário David Neeleman – um dos donos da TAP -, e, a prazo, tornar-se-á também accionista da TAP, no âmbito das operações de financiamento da companhia portuguesa.

A HNA obteve autorização para lançar uma rota para Portugal no início de Junho deste ano.

A nova ligação directa China – Portugal envolve uma parceria entre três entidades portuguesas – o Turismo de Portugal, a ANA Aeroportos e a Associação Turismo de Lisboa (ATL).

“Esta ligação directa é estratégica para o desenvolvimento do sector do turismo em Portugal, uma vez que garante a competitividade aérea do destino, junto deste que é um dos principais mercados emissores mundial de turistas”, afirmou, citado pela “Lusa”, o presidente do Turismo de Portugal, Luís Araújo.

De acordo com o Turismo de Portugal, até Julho de 2016, e face ao mesmo período de 2015, o número de turistas chineses que visitaram Portugal cresceu 21,6%, tendo passado de 87 045 em 2015 para quase 106 mil.

 

Tags:

Comments are closed.