O hub tecnológico da Daimler Trucks & Bus em Lisboa começou o primeiro ano em grande: mudou de nome para tb.lx e passou a ter Christian Lessing como CEO.

O tb na nova designação remete para camiões e autocarros, mas também para tecnologia e big data, assim como pneus e bites. Já o lx é mais óbvio e “aponta” para cidade que o alberga e para os ecossistemas de mobilidade urbana na capital portuguesa e todas as cidades do mundo.

A empresa, que conta com 25 funcionários (serão 45 em 2020), colabora com várias empresas do universo Daimler em todo o mundo, como a Freightliner e a Western Star nos Estados Unidos, a Fuso no Japão e A Mercedes na Europa.

“Em Lisboa, estamos a desenvolver novas tecnologias e novos serviços para camiões e autocarros conectados. Estamos a trabalhar com dados telemáticos brutos, descobrindo padrões de dados não vistos anteriormente, usando big data e machine learning nesses padrões de dados, o que leva a novas soluções centradas no cliente”, indicou ao TRANSPORTES & NEGÓCIOS a porta-voz do tb.lx by Daimler Trucks & Buses, Mona Hanselka.

Um exemplo concreto é a classificação dos motoristas com base em dados transmitidos em tempo real a partir dos camiões. “Calculamos o comportamento de um motorista (anónimo) para economizar energia”, acrescenta a mesma fonte.

A conectividade e o uso consistente de dados permitem, além disso, ao hub promover a mobilidade eléctrica. “Podemos gerar mais percepções sobre o veículo e optimizar rotas e viagens para veículos eléctricos. Os clientes da Daimler Trucks & Buses, como operadores e fornecedores de logística, precisam de mais informações sobre o veículo e, através das nossas arquitecturas e infra-estruturas que construímos, somos capazes de fornecê-las”, acrescenta Mona Hanselka.

Christian Lessing, que assumiu o cargo de CEO da tb.lx em Junho deste ano, está confiante na visão da sua empresa tecnológica. “Compreendemos os desafios internos da Daimler Trucks & Buses, e também os dos mercados. Com a nossa experiência técnica, o nosso conhecimento dos mercados, e a nossa mentalidade de startup, vamos ‘construir pontes’ para a Daimler Trucks & Buses. Iremos facilitar a transformação da Daimler numa empresa digital. Conjuntamente com os nossos parceiros, iremos desenvolver novos produtos e inovar na área das soluções digitais para os transportes, utilizando consistentemente dados em larga escala. A tb.lx tem o seu foco na optimização de um futuro sustentável na área dos transportes”, refere, citado em comunicado.

 

 

 

 

Comments are closed.