A espanhola Adif e a norte-americana Virgin Hyperloop One assinaram um protocolo para testarem, em Málaga, a tecnologia da companhia fundada pelo magnata Richard Branson.

Hyperloop vai ser testado em centro da Adif

O centro de testes do Hyperloop em Espanha será instalado no centro de provas para Alta Velocidade que a Adif tem em Bobadilla, perto de Antequera.

O projecto conjunto está avaliado em cerca de 500 milhões de dólares (432 milhões de euros), incluindo as áreas de produção, plataformas de teste e equipamentos do Hyperloop. O investimento depende, porém, da concessão de 126 milhões de euros em ajudas públicas.

O protocolo assinado entre a Adif e Virgin Hyperloop One prevê que os componentes do sistema sejam desenvolvidos, testados e validados em Espanha, para posteriormente se solicitar sua certificação de acordo com as normas europeias. Uma vez concluídas as fases de teste e validação, o centro de experimentação do Hyperloop permanecerá no país vizinho para suportar as operações, manutenção e expansão internacional do sistema.

O sistema Hyperloop, que está em testes, tem como objectivo transportar mercadorias e passageiros através de tubos de baixa pressão em cápsulas em levitação que poderão atingir velocidades de até 1 200 km/h. No ano passado, em teste, um protótipo atingiu uma velocidade de 387 quilómetros por hora numa instalação em Nevada (EUA).

 

 

 

Os comentários estão encerrados.