As receitas da IAG Cargo atingiram 1 080 milhões de euros em 2017, uma subida de 8% (a câmbio constante) face ao ano anterior. Os volumes cresceram na mesma ordem de grandeza (+8%).

O operador aumentou a capacidade em 4,8% e a rentabilidade em 2,2%. “O mercado melhorou ao longo do ano, culminando em um quarto trimestre muito forte”, indica, em comunicado, Lynne Embleton, CEO da IAG Cargo. “Movimentámos grandes volumes em cada um dos nossos hubs e a procura pelos nossos produtos premium foi particularmente alta”, acrescenta o executivo.

A IAG Cargo salienta que o serviço ao cliente será a palavra de ordem em 2018. “Em paralelo com a inovação de produto, continuamos com o nosso foco no cliente”, indica o CEO da companhia. “O lançamento do FWD.Rewards, em Maio de 2017, tornou-nos pioneiros num programa de fidelização que recompensa os pequenos e médios transitários através de pontos que podem ser trocados por voos, hotéis e créditos de carga. Nove meses após o lançamento, contamos com mais de mil clientes que participam no programa, que continua a ganhar força”, refere Embleton.

“À medida que 2018 avança, a nossa ênfase no digital, na tecnologia e no investimento para o crescimento serão fundamentais, pois continuamos a concentrar-nos em oferecer o melhor serviço possível a todos os nossos clientes”, conclui o CEO da IAG Cargo.

 

 

 

 

 

Tags:

Comments are closed.