O mercado mundial de carga aérea voltou a crescer em Fevereiro, de acordo com a IATA. A subida homóloga foi de 8,4%, mas, se ajustado ao facto de 2016 ter sido um ano bissexto, o aumento chegou aos de 12%, quase quatro vezes mais do que a média de 3% dos últimos cinco anos.

Carga aérea - Bruxelas

A capacidade disponível teve, em Fevereiro de 2017, uma descida de 0,4% face ao mesmo mês do ano passado.

O crescimento contínuo da procura de transporte aéreo de mercadorias em 2017 é, segundo a IATA, consistente com um aumento no comércio mundial, em resultado do bom ritmo das exportações globais no primeiro trimestre. Destaque, neste capítulo, para as exportações de materiais semi-condutores, tipicamente utilizados em electrónica de consumo de elevado valor.

“O bom desempenho em Fevereiro foi acolhido com um optimismo cauteloso pelo sector da carga aérea. A procura cresceu 12% em Fevereiro, cerca de quatro vezes a taxa média dos últimos cinco anos. A expansão da procura superou a capacidade disponível e impulsionou a rentabilidade. Embora existam sinais de um comércio mundial mais forte, as preocupações com a retórica proteccionista actual ainda são muito reais”, refere, citado em comunicado, Alexandre de Juniac, director-geral e CEO da IATA.

Crescimento em (quase) todas as regiões

Todos os mercados regionais, excepto a América Latina, tiveram um mês de Fevereiro positivo.

Na Europa, o crescimento da procura foi de 10,5% (14% após ajuste pelo ano bissexto), enquanto a capacidade disponível aumentou 1,4%. O Médio Oriente registou no mês passado um aumento de 3,4% (7% após ajuste pelo ano bissexto) e a oferta caiu 1,7%.

Em relação às companhias da América do Norte, registaram um crescimento na procura de 5,8% (mais de 9% após ajuste pelo ano bissexto) e uma descida de 3,1% da capacidade. A procura em África aumentou 10,6% (14% na comparação ajustada pelo ano bissexto), acima do 1% de subida da oferta.

Na Ásia-Pacífico a procura registou o maior aumento percentual face ao mês homólogo de 2016 (mais de 15% após ajuste pelo anjo bissexto), com um aumento de 2% na capacidade.

No que se refere à América Latina, a procura diminuiu 4,9% em Fevereiro (1% tendo em conta o ano bissexto). Menos mal que a capacidade teve uma contracção maior, de 7,2%.

 

Tags:

Comments are closed.