Em Abril, pela primeira vez, a taxa de penetração das cartas de porte electrónicas (e-AWB) ultrapassou os 50%, atingindo os 50,7% a nível mundial, assinala a IATA no seu relatório mensal.

Carga aérea - Bruxelas

Em Abril, o último mês referenciado, foram processados mais de 730 mil documentos electrónicos, refere a associação. A taxa de 50,7% representa um ganho de 1,3 pontos percentuais face à registada em Março.

Ainda assim, o objectivo da IATA de chegar ao final do corrente ano com uma taxa de 62% de uso da e-AWB permanece distante e, para ser atingido, implica um acelerar do ritmo de crescimento.

Do lado das companhias aéreas, a FlyDubai e a Kenya Airways terão atingido em Abril os 100% de utilização da carta de porte electrónica, ao passo que a Cathay Pacific chegou aos 80,5% e a Delta Air Lines tocou os 74,7%, destaca a IATA.

Do lado dos agentes de carga aérea, a Expeditors chegou aos 69,4% e lidera o processo de adopção da e-AWB, seguida pela Hellmn Worldwide, com 67,9%, e pela Schenker, com 62,5%.

 

Tags:

Comments are closed.