A Organização Marítima Internacional (IMO, na sigla em inglês) pretende proibir que, a partir de 2020, os navios naveguem com combustível com um teor de enxofre superior a 0,5% a não ser que tenham filtros instalados.

O Sub-Comité para Prevenção e Combate à Poluição concluiu uma proposta a enviar para o Comité para a Protecção do Meio Marinho (MEPC) da IMO para avançar com essa proibição. A proposta está em discussão e pode ser adoptada em Outubro próximo. Após aprovação, a proposta terá de ser integrada na convenção MARPOL para ser efectiva.

A iniciativa da IMO surge num momento em que, por um lado, um número crescente de operadores defende a efectiva implementação das medidas mais restritivas de protecção do ambiente, enquanto, por outro lado, persistem muitas dúvidas sobre a possibilidade de cumprir com os prazos anunciados e sobre a viabilidade das soluções alternativas propostas.

 

 

 

Tags:

Os comentários estão encerrados.