A indústria de cruzeiros prevê aumentar o número de passageiros transportados em todo o mundo para 24 milhões em 2016, mais 4,3% do que os 23 milhões registados no ano passado.

Funchal - Cruzeiros

Este comportamento está em linha com o crescimento de 23% que as férias de cruzeiros experimentaram na última década, segundo a Organização Mundial do Turismo.

A presidente interina da Associação Internacional de Linhas de Cruzeiros (CLIA, no acrónimo em inglês), Cindy D’Aoust, citada pela assessoria de imprensa, justifica o crescimento continuado da actividade  com o facto de as companhias de cruzeiros renovarem constantemente as suas ofertas, superando, desse modo “outras experiências de férias”.

Esta renovação de oferta acontece tanto ao nível dos destinos e itinerários propostas, como dentro dos serviços e instalações no próprio navio, e também pela segmentação e preços e produtos praticada.

Um dos segmentos do mercado que mais cresce na indústria de cruzeiros é, segundo a CLIA, o dos cruzeiros fluviais.

 

Tags:

Os comentários estão encerrados.