A TP Ferro, concessionária da linha ferroviária de Alta Velocidade entre Espanha e França pelo túnel ferroviário de Perthus, evitou – ou pelo menos adiou – o processo de insolvência.

Alta Velocidade - Perthus

Em Março, a empresa havia solicitado a administração judicial ao Tribunal do Comércio de Girona, devido à dificuldade de refinanciamento da dívida milionária (subscrita em 2005) até ao seu vencimento, no fim daquele mês.

Agora, os accionistas da TP Ferro, a espanhola ACS e a francesa Eiffage, injectaram dois milhões de euros na empresa.

“Houve muitas conversações e negociações e, finalmente, os accionistas vão fazer uma contribuição extraordinária de capital de dois milhões de euros, que garante a continuidade da empresa até Março de 2016”, afirmou o secretário de Estado das Infra-estruturas de Espanha, Julio Gómez-Pomar.

“[A decisão dá] um certo horizonte de tranquilidade à gestão da TP Ferro”, acrescentou o governante do país vizinho.

Comments are closed.