Cinco milhões de euros é o custo estimado dos seis quilómetros da variante à EN125 em Olhão. O estudo prévio avança agora. A obra poderá ser lançada ate ao final de 2018.

EN125 - Variante de Olhão

A Infraestruturas de Portugal (IP) adjudicou a realização do estudo prévio para a construção da Variante à EN125 em Olhão. A proposta de traçado foi acordada com a autarquia. Estende-se por seis quilómetros, uma via por sentido, aproveitará diversos troços municipais existentes e a ligação à rede viária local será feita em sete rotundas.

Ao estudo prévio (210 dias) seguir-se-á a avaliação de impacte ambiental, pelo que a IP espera poder lançar a empreitada até ao final do próximo ano.

A construção da variante de Olhão integra-se no plano de requalificação da EN125, entre Olhão e Vila Real de Santo António, apresentado em tempo pela IP, “tendo em vista o incremento das condições de fluidez e de segurança da circulação rodoviária e pedonal (…) consentâneo com uma região de turismo de excelência como é actualmente o Algarve”, justifica a empresa em comunicado.

Os comentários estão encerrados.