A Infraestruturas de Portugal (IP) vai avançar com a concessão da exploração do Parque Norte da plataforma ferroviária da Bobadela. O anúncio do concurso foi hoje publicado em Diário da República.

ALB

Em causa está a concessão de uma área de 111 951 m2, “para a realização de cargas, descargas, manuseamento de mercadorias, contentorizadas e/ou paletizadas para consolidação, transportadas por caminho de ferro, bem como para todas as actividades associadas à logística de contentores, incluindo o parqueamento de contentores vazios, a sua inspecção e reparação”, lê-se no anúncio.

Actualmente o terminal a concessionar é a casa da ALB – Área Logística da Bobadela, um dos operadores logísticos de base ferroviária mais activos no mercado nacional.

Pela concessão, o futuro concessionário terá de pagar pelo menos 67 392 euros mensais, pagando à cabeça 5% do valor total do contrato, isto é, de todas as rendas do período da concessão.

O anúncio não refere, porém, o prazo da concessão.

Os potenciais candidatos têm 30 dias para apresentar as suas propostas.

A IP reserva-se, porém, o direito de não concessionar o terminal, obrigando-se apenas a ressarcir os candidatos apurados dos custos suportados com a elaboração da proposta.

Com a fusão entre a Refer e a Estradas de Portugal, a IP “herdou” os terminais de mercadorias que eram da CP Carga. A intenção anunciada há muito é de concessionar a sua exploração.

Comments are closed.