A Infraestruturas de Portugal (IP) anuncia a comnsignação da empreitada de renovação integral de via de um troço de cerca de sete quilómetros da Linha da Beira Alta, entre a Bifurcação do Luso e a saída do Túnel do Trezói.
Linha da Beira Alta

O investimento contratado é de 5,8 milhões de euros. Os trabalhos a realizar compreendem, entre outros, “a renovação integral da superestrutura de via existente, com a colocação de novos carris, travessas, fixações e balastros”, segundo refere o comunicado emitido a propósito.

Não é, porém, avançado um prazo para a conclusão da empreitada.

A Linha da Beira Alta integra a rede “core” da Rede Transeuropeia de Transportes e o Corredor Ferroviário de Mercadorias n.º 4.

Além disso, no âmbito do Plano de Investimentos Ferroviários 2016-2020, integra a ligação prioritária Porto / Aveiro – Vilar Formoso, que fará também parte do Corredor Atlântico.

Enquanto os investimentos mais pesados não avançam, a IP justifica estas intervenções com a necessidade de garantir a disponibilidade da via, que em alguns troços se encontra em fim de cicllo de vida útil.

 

Os comentários estão encerrados.