O governo italiano aprovou incentivos às transportadoras rodoviárias para a contratação de motoristas e renovação de frotas.

Transportadores italianos terão apoios para contratar motoristas e comprar camiões

A partir de 1 de Janeiro, os transportadores rodoviários de mercadorias italianos poderão deduzir parte das despesas suportadas com a obtenção da carta de condução e do certificado de capacidade profissional dos motoristas.

A medida consta do Orçamento de Estado italiano para 2019.

Os descontos anunciados são de 50% dos custos associados à obtenção dos dois documentos. As empresas poderão abater nos impostos cerca de três mil euros nos próximos dois anos.

A concessão dos apoios só se aplicará a motoristas com menos de 35 anos com contratos sem termo.

A falta de motoristas é cada vez mais sentida e generalizada. A profissão é pouco atractiva para os mais jovens, sobretudo pelas condições de trabalho e de vida, em particular pelas ausências prolongadas.

Em simultâneo, o Executivo transalpino criou um fundo para apoiar a renovação das frotas. O orçamento anunciado é de 50 milhões de euros/ano para 2019 e 2020.

Comments are closed.