A Iveco anunciou que vai concentrar a produção veículos pesados em Espanha a partir de 2016, altura em que Valladolid e Madrid passarão a repartir a produção dos camiões Stralis e Trakker.

Fabrica Iveco Madrid

Nenhuma das fábricas espanholas da CNH Industrial produzirá camiões “inteiros”. Valladolid fabricará as cabinas e Madrid continuará como unidade de montagem. A transferência das operações de cabines de Madrid para Valladolid será feita em duas fases, uma entre Setembro e Outubro de 2015 (chapa e pintura) e outra no fim de 2016 (interior das cabinas).

Fruto desta reorganização, o furgão Daily deixará de ser fabricado em Valladolid (a produção será assegurada pela fábrica italiana de Suzzara) e Madrid deixará de ter a seu cargo a produção de veículos especiais (como os militares), que serão fabricados em Piacenza (Itália).

A CNH Industrial garante que esta reorganização levará a novos investimentos – embora não detalhe valores – e que os postos de trabalho (1 015 em Valladolid e 2 600 em Madrid) das duas fábricas serão mantidos. Os sindicatos já pediram, porém, mais garantias de que não haverá despedimentos e criticaram a forma unilateral como o processo foi conduzido pelo construtor italiano.

Tags:

Comments are closed.