A JD Logistics, braço da companhia chinesa de e-commerce JD, colocou em funcionamento duas estações de entrega inteligentes e “veículos-robô” para completarem a logística de última milha.

As instalações em causa abrangem zonas de alta densidade populacional do interior de Changsha – nas proximidades da bacia hidrográfica do Yangtze, no Centro-Sul da China – e Hohhot, a cerca de 1 600 quilómetros a Norte, no interior da Mongólia, refere a JD Logistics.

Os veículos autónomos, da dimensão de um carro de golfe, com um ecrã frontal que faz lembrar os olhos de desenhos animados, podem transportar até 30 pacotes de encomendas dentro de um raio de três milhas (quase cinco quilómetros) e são capazes de planear rotas e reconhecer obstáculos e semáforos.

Ao chegarem ao destino, os robôs contam com software de reconhecimento facial para identificar o destinatário correto.

A JD Logistics avança que, em plena capacidade, as novas estações podem entregar até 2 000 pacotes por dia, com com uma proporção metade-metade entre os robôs e os seus métodos alternativos de correio.

“À medida que a JD abre a sua tecnologia a outras companhias e sectores, os recursos que já lançámos na China, de armazéns automatizados a compras virtuais, serão aproveitados por consumidores de todo o lado”, afirma, em comunicado, a companhia referindo-se ao “retalho como um serviço ”(RaaS).

A JD Logistics indica que, no presente, já cobre 99% da população chinesa e que entrega 90% das encomendas no prazo máximo de 24 horas.

 

https://www.youtube.com/embed/Hi42EwKAM4U

 

 

 

 

 

Deixar um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*