O Grupo Jerónimo Martins inaugurou hoje o seu primeiro centro de distribuição no Algarve, num investimento de 27 milhões de euros.

A partir da plataforma de Algoz, concelho de Silves, o grupo garantirá o abastecimento das lojas Pingo Doce e Recheio no Sul do país (Algarve e em parte do Alentejo).

A instalação do novo centro de distribuição, a funcionar desde Janeiro, implicou também a criação de 130 postos de trabalho.

A propósito de investimentos e da criação de empregos, o ex-presidente do Grupo JM, Alexandre dos Santos, aproveitou a cerimónia de inauguração para lembrar que nos últimos dez anos a empresa investiu 1,5 mil milhões de euros em Portugal e empregou dez mil pessoas.

Soares dos Santos disse-se farto de ouvir dizer mal da sua empresa (e, por extensão, do sector da distribuição) e convicto de que a actividade merece mais reconhecimento.

A nova plataforma algarvia inaugura um novo conceito logístico na Jerónimo Martins. Com ela, o Grupo JM passa a dispor de sete centros de distribuição no Continente e dois na Madeira.

Para as próximas semanas ficaram prometidas mais novidades da JM para Portugal.

Comments are closed.