Joana Nunes Coelho é a nova presidente executiva da Associação dos Transitários de Portugal (APAT), sucedendo no cargo a Rogério Alves Vieira.

A escolha de Joana Nunes Coelho foi decidida na primeira reunião da nova Direcção da APAT, eleita na passada semana e que, tal como o TRANSPORTES & NEGÓCIOS antecipou, é liderada por Paulo Paiva (Geocargo).

A nova presidente executiva desempenhava até aqui as funções de directora executiva. Joana Nunes Coelho está há vários anos na APAT, primeiro em regime de part-time e, mais recentemente, em full-time, num tirocínio para substituir Alves Vieira.

Antes de ingressar a tempo inteiro na associação dos transitários, Joana Nunes Coelho desempenhou as funções de seretária-geral da AOPL, a associação dos operadores portuários de Lisboa, e, por inerência, presidiu à A-ETPL, a empresa de trabalho portuário da capital, tendo por isso estado envolvida no tsunami socio-laboral que assolou o porto alfacinha em 2013.

O cargo de presidente executivo da APAT foi criado pela Direcção liderada por Henrique Cardoso, há mais de uma década, e desde então foi desempenhado por Alves Vieira, que agora se aposenta.

 

Comments are closed.