Jorge Moreno Delgado será o próximo presidente da Metro do Porto e da STCP, substituindo no cargo João Velez Carvalho, anunciou o Ministério do Ambiente.

STCP + Metro do Porto

Jorge Delgado, recorde-se, já integrou a administração da Metro do Porto sob a liderança de Ricardo Fonseca, entre 2008 e 2012, pelo que se trata de um regresso, já aprovado pelos autarcas dos 17 municípios da Área Metropolitana do Porto.

O Governo escolheu ainda, para administradores executivos das duas empresas públicas de transportes do Porto, Pedro Azeredo Lopes, até agora CEO da Efacec, e Tiago Filipe da Costa Braga, que deixará a empresa municipal Águas de Gaia.

“Os três nomes agora propostos já foram aprovados pela Comissão de Recrutamento e Selecção para a Administração Pública (CRESAP)”, sublinha o ministério.

As propostas do Executivo serão aprovadas na próxima assembleia geral da Metro do Porto, prevista para a próxima segunda-feira. Nessa altura, o Conselho Metropolitano do Porto apresentará Guilherme Pinto, presidente da Câmara Municipal de Matosinhos, para presidente da assembleia geral.

Para o Conselho de Administração, as autarquias da Área Metropolitana proporão, como não executivos, os nomes de Marco Martins, presidente da Câmara de Gondomar, Silva Tiago, vice-presidente da Câmara da Maia, e Gonçalo Gonçalves, antigo vereador da Câmara do Porto.

Na nota difundida pelo Ministério do Ambiente, é  ainda dito que “Jorge Moreno Delgado, sob orientação da tutela, e em acordo com os seis municípios onde a STCP opera, terá a missão de definir um novo modelo de gestão que envolva as autarquias”.

Recentemente, o Governo escolheu Tiago Farias para liderar a Transportes de Lisboa, entidade que agrega a Carrris, Metropolitano de Lisboa, Transtejo e Soflusa em substituição de Rui Loureiro.

 

Comments are closed.