A Junta de Castela e Leão prevê investir mais cinco milhões de euros no reforço da plataforma logística de Salamanc, anunciou o director-geral de Transportes.

Até ao momento, a Junta de Castela e Leão já investiu 11 milhões de euros no centro Cylog de Salamanca. O reforço agora anunciado resultará de diferentes acções, nomeadamente da entrada do grupo empresarial público dependente do Conselho de Fomento e Meio Ambiente no capital da Zaldesa, referiu o responsável.

José António Cabrejas falava no decorrer da sessão de assinatura do protocolo entre a APDL e a Zaldesa, que o TRANSPORTES & NEGÓCIOS noticiou ontem.

O director-geral de Transportes de Castela e Leão sublinhou a importância da integração da plataforma de Salamanca na rede Cylog de enclaves logísticos, destacando o facto de a Zaldesa ser já “uma realidade funcional e prática”.

O acordo entre a APDL e a Zaldesa prevê o estabelecimento do Porto de Leixões na plataforma de Salamanca e a entrada no capital da sociedade gestora até um máximo de 25%. Em contrapartida, a Zaldesa disporá de uma área de 5 000 metros na plataforma logística de Leixões, cuja construção deverá iniciar-se em breve.

Comments are closed.