O mercado doméstico é a nova aposta estratégica da KLOG. Até ao final do ano, a operadora nacional prevê atingir um volume de negócios de cinco milhões de euros nos segmentos B2B e B2C.

KLog

Para lançar a  nova oferta –  “em resposta às crescentes solicitações dos clientes e parceiros”, justifica em comunicado -, a KLOG investiu “600 mil euros” e “contratou mais de uma dezena de colaboradores”. A frota alocada ao serviço é de “cerca de 50 camiões”.

Suportada numa rede de plataformas de cross-docking com localizações em Porto, Coimbra, Lisboa, Vila Real, Évora e Albufeira, a operadora propõe-se “fazer entregas em 24 horas com opção de garantia de entrega até às 10h ou 13h do dia seguinte, tanto na vertente de negócio B2B (business to business) como B2C (business to consumer)”, refere em comunicado.

Graças ao investimento em TI, os clientes podem seguir em tempo real as respectivas encomendas/envios e, se for o caso, “receberem o comprovativo de entrega através dos dispositivos móveis”, destaca.

Até ao final do ano, a perspectiva é de atingir um volume de receitas de cinco milhões de euros só neste novo segmento da divisão Land.

“O investimento no mercado doméstico é mais um passo para oferecermos propostas de valor acrescentado aos nossos clientes e para ajudá-los a incrementar o seu negócio. Este é um eixo estratégico da KLOG para 2017 e estamos muito satisfeitos por consolidar a nossa presença em território nacional”, refere José Cardoso, administrador da empresa, citado no comunicado emitido a propósito.

Tags:

Comments are closed.