As companhias asiáticas reforçaram posições nos primeiros lugares do ranking da carga aérea internacional.

A Korean Air manteve em 2009 a liderança do ranking da carga aérea internacional em toneladas-km.

Relativamente a 2008, os primeiros lugares do ranking não apresentam nomes novos, mas verificou-se um ganho de posições das companhias do Médio Oriente e da Ásia, que continuam em maioria.

O maior salto foi conseguido pela China Airlines, que passou do décimo para o sétimo lugar. A Emirates subiu uma posição, ocupando agora o quinto lugaar.

A Korean Air (primeira), a Cathay Pacific (segunda) e a Singapore Airlines (quarta) completam a presença dos operadores asiáticos no “top 10”.

A Lufthansa Cargo é a melhor companhia não asiática, e também a única a conseguir segurar a sua posição, no terceiro lugar. A Federal Express cai do quinto para o sexto posto, a Air France do 7.º para o 8.º, a Cargolux do 6.º para o 9.º e a UPS do 9.º para o 10.º.

No ranking global, incluindo os tráfegos domésticos, quem manda são os integrators Federal Express e UPS, por força da sua massiva presença no mercado doméstico norte-americano. Nos lugares seguintes do ranking mantém-se o escalonamento dos operadores internacionais.

Considerando apenas as toneladas transportadas, a Federal Express lidera em todas as frentes, sendo seguida pela Emirates na carga internacional (sobe da quarta posição), e pela UPS nos tráfegos domésticos e total.

Os comentários estão encerrados.