A Laso fechou o ano de 2017 com um volume de negócios superior “em cerca de 20%” ao registado em 2016, adiantou ao TRANSPORTES & NEGÓCIOS fonte da empresa especializada no transporte rodoviário de grandes dimensões.

Em linha com o aumento da actividade (destacando-se, em 2017, a abertura das sucursais de Marrocos e Senegal), a empresa de Venda do Pinheiro reforçou o quadro do pessoal em cerca de 30%, “desde o início de 2016 até ao final de 2017”. E assim superou os “800 colaboradores” acrescent0u a mesma fonte.

Ao nível dos investimentos, e para além das já referidas aberturas no mercado africano, a Laso modernizou o centro de operações do Porto e lançou a construção do novo edifício-sede.

Ao mesmo tempo, a frota de tractores e equipamentos foi reforçada e rejuvenescida com aquisições programadas, contando-se actualmente um  parque “acima dos 1 500 equipamentos”.

A Laso, recorde-se, resultou da fusão de duas empresas do sector, a Lamarão e a Solenha.

 

Tags:

This article has 1 comment

  1. CONHEÇO ESSA GRANDE EMPRESA