A Laso continua apostada no reforço das operações em Moçambique, agora com a aquisição de mais viaturas e equipamentos de movimentação de cargas.

As novas aquisições “irão aumentar ainda mais a capacidade de resposta desta filial [que já conta com] gruas móveis de capacidade até 200 toneladas, reboques modulares com capacidade até 250 toneladas, plataformas extensíveis até 46 metros, camiões-grua e uma grande variedade de “lowbeds””, refere a Laso, em comunicado.

A operar  em Moçambique desde 2011, então com a participada GTE – Gruas e Transportes Especiais, Lda., a Laso procedeu em Fevereiro passado à sua transformação em Laso Moçambique.

A empresa tem a sua sede na Matola e centros operacionais na Beira, em Nacala e brevemente também em Cabo Delgado, a partir dos quais realiza projectos em todo o território de Moçambique, bem como nos países vizinhos.

 

 

Tags:

Comments are closed.