Depois do recorde de 2014, o porto de Leixões entrou 2015 a recuar 4,5% no movimento de contentores, mas a trabalhar a “100 à hora”, de acordo com os dados divulgados pela concessionária.

Em Janeiro, avança a TCL, foram movimentados no porto nortenho 47 157 TEU (30 040 contentores). Foi o segundo melhor Janeiro da história da concessão, mas ficou aquém do realizado no mês homólogo de há um ano.

À entrada do novo ano manteve-se, assim, a tendência (?) de quebra nos movimentos mensais já verificada no último trimestre do ano passado, e que foi particularmente sentida em Dezembro. Nada que impedisse, no entanto, Leixões e a TCL de alcançarem um recorde histórico, acima dos 666 mil TEU movimentados.

Em Janeiro, os volumes movimentados não estiveram em alta mas a produtividade essa atingiu os píncaros. Foi, pelo menos, o que se verificou com a operação do Maersk Norfolk, que no dia 27 movimentou 714 contentores à cadência média de… 100 contentores/hora.

 

Tags:

Comments are closed.