O Porto de Leixões disporá, no arranque de 2021, do primeiro simulador para a operação de pórticos e gruas para a actividade portuária.

Um ano depois de ter inaugurado o primeiro simulador de ponte do País, a APDL lança o concurso para a aquisição de um novo simulador, agora para as operações em terra, nos terminais, para formar operadores de pórticos e gruas em Leixões.

O investimento previsto é de 565 mil euros, integralmente suportados pela administração portuária nortenha. O concurso público internacional prevê a entrega dos equipamentos durante o primeiro trimestre do próximo ano.

“A aposta na formação portuária tem sido uma vertente muito importante na APDL, ao longo destes anos e é, por isso mesmo que, neste momento, Leixões está na vanguarda da formação nesta área e se distingue da grande maioria dos restantes centros europeus”, assinala a APDL, em comunicado.

Desde Julho do ano passado que o Centro de Formação de Leixões possui um simulador de ponte, adquirido no âmbito do projecto da navegabilidade do Douro, que permite simular a entrada/saída dos navios em qualquer porto do mundo, em quaisquer condições meteorológicas e estados do mar.

O Centro de Formação da APDL foi inaugurado em 2001. Desde então, por ali passaram mais de 15 mil formandos, do sector portuário mas não só, destacand-se a formação de portuários dos PALOP, e também de outros portos de África e América Latina.

Uma curiosidade: o novo simulador que agora se pretende adquirir servirá também para formar operadores de gruas e outros equipamentos para a construção civil.

Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*