O porto de Leixões processou 9,98 milhões de toneladas no primeiro semestre. Um crescimento homólogo de 1,36%. E o melhor resultado do porto nortenho no período.

Entre Janeiro e Junho, a carga ro-ro foi a que mais cresceu (11,4%), confirmando Leixões como o porto número um nos tráfegos de carga rodada.

Em alta estiveram também a carga contentorizada (+3,67%) e os granéis líquidos (+1,59%), avança o comunicado da APDL, sem detalhar.

“Estes indicadores representam o trabalho realizado para continuar a afirmar Leixões como o maior e melhor porto do Noroeste peninsular. Hoje, companhias e armadores veem em Leixões um porto realmente seguro e competitivo e este recorde é prova disso”, afirma a administração portuária.

Os comentários estão encerrados.