O novo terminal de cruzeiros de Leixões, em Matosinhos, será inaugurado a 20 de Maio, anunciou a APDL.

Leixões - Terminal de cruzeiros

O novo terminal – um investimento de mais de 50 milhões de euros – compreende o cais inaugurado em Abril de 2011, e que permite a atracação de navios de cruzeiros de até 300 metros de comprimento, e a nova gare de passageiros, num edifício que será partilhado com a Universidade do Porto, que ali terá em permanência cerca de 300 pessoas ligadas ao Parque de Ciência e Tecnologia do Mar.

Com a nova gare de passageiros, que estará ligada aos navios por uma manga móvel de última geração, o porto de Leixões poderá realizar operações de “turnaround” (início e fim de cruzeiros), o que potenciará o número de escalas e de passageiros.

Para o ano corrente o porto nortenho tem confirmadas mais de 90 escalas e 125 mil passageiros.

“Localizado na Fachada Atlântica, o novo Terminal de Cruzeiros do Porto de Leixões é perfeito para fazer a ligação com os circuitos do Mediterrâneo e Norte da Europa e, com a crescente tendência para circuitos de curta duração (4 e 5 dias), tornando-se um destino ideal quando interligado a outros portos portugueses, portos da Península Ibérica, ou outros portos no Espaço Atlântico”, considera a APDL.

Por causa do movimento de turistas, mas mais ainda por força da permanência no local de universitários, o novo terminal terá uma ligação directa ao casco urbano de Matosinhos. Essas obras só deverão estar concluídas no próximo ano, apesar de a APDL ter já consolidado o projecto de arranjo urbanístico e de acessibilidades.

O terminal de cruzeiros de Leixões é um dos projectos prioritários inscritos no PETI elaborado pelo actual Governo. E será um dos primeiros, se não mesmo o primeiro, a ficar concluído nos portos. Falta saber quem do Executivo estará presente na cerimónia oficial de inauguração.

 

 

Este artigo tem6 comentários

  1. Fátima Alves

    Obra Fantástica. Viva Matosinhos.
    Agradeço que me informem p.f. se dentro do novo cais vai ter lojas?
    Muito obrigada e muito sucesso.

  2. joaquim galego

    Este edificio assenta no local onde nos anos 60 se iniciou a construção de um pretenso cais de acostagen para as traineiras mas que nunca avançou. Fica este bonito edificio localizado a este do antigo cais de petroleiros e deposito de descarga de sucata, isto para quem como eu fazia deste local um dos pontos de passagem e brincadeira nos anos 50 quando nos dirigia para a entrada do molhe sul para asaistir á entrada das traineiras .

  3. José Luís Silva

    Não restam dúvidas de que a nova geração de arquitectos dará a Portugal a continuidade de projectos únicos, mantendo esta disciplina à altura, que os já consagrados, elevaram no mundo.
    És o nosso orgulho!Arq.Luis Pedro!
    J.L.Silva

  4. Ainda bem. Agora so falta a outra metade da obra…rentibiliza-lo.
    Parabens a quem de direito

  5. Lamentável que em todo o artigo nem por uma única vez seja referido o nome do autor do projecto.
    O projecto é do Arqº Luis Pedro Silva e é merecedor do maior destaque.

  6. A obra de estruturas sofisticação foi executada com projecto do gabinete Newton do Eng. José Carlos Lino. Se alguém pensa que aquelas superfícies curvas foram fáceis de projectar e de garnatir a estabildiade tente encontrar algo semelhante!