O movimento de contentores em Leixões cresceu 7% em Março e com isso o primeiro trimestre fechou com um recuo de apenas 1,5%.

TCL

A cada mês que passa, as coisas parecem estar a correr melhor para Leixões e para o concessionário de terminal de contentores. Se em Janeiro a quebra de movimentos chegou quase aos 9%, em Fevereiro ficou-se pelos 3% e em Março cresceu 6,9%.

Também por isso, mas não só, Março foi o melhor mês do corrente, comm 59 884 TEU movimentados (48 584 e 44 975 nos meses anteriores).

Em termos acumulados, o movimento de contentores em Leixões ascendeu a 153 445 TEU no primeiro trimestre, ainda 1,5% abaixo do realizado no ano anterior.

Note-se, porém, que se no ano passado por esta altura ainda se vivia o conflito laboral da estiva em Lisboa, agora o porto da capital também tem estado a crescer na movimentação de contentores (Sines vai pulverizando recordes mas aí o negócio é fundamentalmente outro).

 

Comments are closed.