Só a carga contentorizada destoou no mês recorde que o porto de Leixões teve em Janeiro passado. Os 1,6 milhões de toneladas movimentadas foram o melhor resultado dos últimos dez anos.

Leixões - Exportação de locomotivas

A puxar pelos números globais estiveram sobretudo os granéis. Os líquidos cresceram 25,7% em termos homólogos e chegaram às 697,9 mil toneladas; e os sólidos avançaram 21,1% para as 282,3 mil toneladas.

À sua dimensão, a carga ro-ro também deu uma ajuda, com um aumento de 21,2% até às 79,8 mil toneladas, e assim aproximou-se da carga geral fraccionada (a crescer 8,7% para 81,9 mil toneladas).

Só faltou mesmo a carga contentorizada. Cedeu 7,4% e ficou-se pelas 483 mil toneladas, com o movimento de contentores a quebrar 8,6% até aos 49 425 TEU.

Registe-se, por último, que o crescimento da movimentação de cargas no porto nortenho foi conseguido, quase exclusivamente, com o aumento das importações (mais 26,1% em termos homólogos), uma vez que as exportações apenas avançaram 0,4%.

 

 

Comments are closed.