Linha do Douro: modernizar Marco-Régua custará 47 milhões

A modernização da Linha do Douro, entre Marco de Canaveses e Peso da Régua deverá custar 46,6 milhões de euros, antecipa a Infraestruturas de Portugal (IP).

Actualmente decorrem os estudos necessários à elaboração do projecto. Na segunda-feira, o presidente da Câmara de Baião, Paulo Pereira, disse à “Lusa” esperar que o projecto da obra fique concluído este ano, de modo a que a empreitada avance em 2020 e esteja concluída em 2022.

Ou seja, se tudo correr pelo melhor as obras deverão iniciar-se precisamente quando deviam estar a terminar.

Em comunicado, a IP disse terem sido realizadas reuniões com representantes das câmaras municipais de Marco de Canaveses, Baião, Mesão Frio e Peso da Régua para explicar os contornos e objectivos do projecto.

A modernização prevista consiste na renovação integral de via, a sua electrificação e a instalação de sistemas de sinalização electrónica e de telecomunicações. Igualmente se fará o rebaixamento da linha nos túneis (para a instalação da catenária) e se uniformizarão os comprimentos e alturas das plataformas das estações e apeadeiros.

A modernização da Linha do Douro entre Marco de Canaveses e Peso da Régua dará continuidade aos trabalhos em curso (com enormes atrasos) no troço entre Caíde e Marco de Canaveses.  Assim a electrificação chegue ao Marco, os comboios suburbanos da CP no Porto poderão fazer toda a ligação, acabando-se o transbordo em Caíde.

Assim a catenária chegue à Régua, ficará a faltar a modernização da Linha do Douro até à fronteira com Espanha.

Um estudo da Infraestuturas de Portugal tornado público no início do ano passado projectava a modernização integral da Linha do Douro para servir como alternativa à Linha da Beira Alta, servir o turismo, o escoamento do minério de Moncorvo e aproximar o porto de Leixões de Salamanca.

Este artigo tem1 comentário

  1. TODO O NORTE aproveita este investimento e já se investiu demasiado a SUL durante décadas, o NORTE produz o que os políticos de LISBOA gastam e muito mal gerido e mal administrado, PARABÉNS AO NORTE

Translate »