Pelo segundo ano consecutivo, a TUP/Carga não vai subir no porto de Lisboa. Em Setúbal, aquela taxa vai mesmo descer para a movimentação de veículos rodoviários eléctricos.

Em Lisboa, a administração portuária justifica o “esforço importante” com a intenção de “contribuir para a competitividade nacional e transmitir ao mercado o papel relevante desempenhado pelo porto de Lisboa no incremento das trocas comerciais com o exterior, designadamente das exportações”.

Em 2009, no auge da crise que assolou o sector marítimo-portuário, o Governo decidiu fazer reverter as taxas TUP/Carga e TUP/Navio, a partir de Abril, para os valores de 2008. A medida excepcional deveria aplicar-se apenas durante o ano passado, mas as administrações portuárias optaram por prolongá-la para 2010.

Em Setúbal, o Regulamento de Tarifas para 2011 prevê “um desconto de 10%” para todos os veículos carregados ou descarregados. Uma medida que “vai ao encontro do Programa do Governo para a Mobilidade Eléctrica com o objectivo da massificação do veículo eléctrico”, realça a APSS.

Setúbal detém a liderança destacada entre os portos nacionais na movimentação de veículos automóveis novos. A comercialização de veículos automóveis eléctricos no mercado nacional está prevista para o próximo ano.

Os comentários estão encerrados.